Radio futura

radio futura

Qual é o nome do Canal Futura?

Futura é um canal de televisão brasileiro. Pertence à Fundação Roberto Marinho, instituição educativa privada do conglomerado de mídia Grupo Globo. [ 1] Foi inaugurado pelo jornalista Roberto Marinho em 22 de setembro de 1997 na cidade do Rio de Janeiro, capital do estado homônimo.

Quais são os parceiros do futura?

O Futura é mantido financeiramente pelos seguintes parceiros mantenedores: FIESP, SESI, Fundação Bradesco, Fundação Itaú Social, Globo e Grupo Votorantim . Em 21 de julho de 2006, o Futura começou a ser retransmitido em canal aberto em partes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, através do canal 18 UHF de São Gonçalo. [ 5]

Quem é o fundador da Rádio Radar?

O fundador é Pedro Ramos , ex-director e programador musical da rádio Radar. É também ele o responsável pela estética peculiar do site, inspirada numa mistura de “velhas cassetes VHS, publicidade antiga e ficção científica”.

O que é o radar e para que serve?

Um sistema de radar pode ser usado para detectar a localização e a velocidade de um objeto. O sistema funciona usando um transmissor, uma antena transmissora e receptora (às vezes estas são duas antenas separadas, mas muitas vezes só uma será usada para ambas as funções) e um processador.

Quais foram os primeiros desenvolvimentos dos radares?

Uma unidade ainda menor foi desenvolvida para ser empregada em bengalas para cegos. O primeiro Radar foi construído em 1904, por C. Hülsmeyer na Alemanha, naquela época não houve utilidade prática para o dispositivo, de baixa precisão, construção difícil, e sistema de detecção de eco ineficiente.

Como funciona o sinal do radar?

A produção do sinal do radar começa no oscilador, que é um dispositivo que gera radiofrequência num comprimento de onda desejado. A maioria dos radares usa bandas de frequências de rádio (MHz- milhões de Hertz até centenas de milhões) ou de microondas (de centenas de milhões até GHz- dezenas de bilhões de Hertz).

Qual é o princípio de funcionamento do radar?

Eles funcionam através das ondas de rádio. Elas se descolam a uma velocidade de 300 000 km/s, uma velocidade muito rápida, e são capazes de cobrir grandes distâncias.

Postagens relacionadas: