My caravela

my caravela

Por que os espanhóis usaram as caravelas?

Os espanhóis usaram as caravelas para transportar o ouro e a prata que retiraram do continente americano no século XVI. As caravelas conseguiam obter uma boa velocidade em dias de vento forte. Porém, como os sistemas de navegação da época eram precários, muitas vezes os navegadores saíam das rotas originais se perdendo pelo oceano.

Qual é a origem da caravela?

Apesar de chamar-se portuguesa, a caravela pode ser encontrada na maior parte dos oceanos, não sendo, ademais, de origem portuguesa. Seu nome popular é em razão da aparência desse organismo, que tem uma parte do corpo que boia, lembrando as embarcações de Portugal do passado.

Por que a caravela-portuguesa é perigosa?

A caravela-portuguesa é perigosa e sua picada, além de doer, pode tornar-se grave. O perigo dela está principalmente nos tentáculos, que têm células urticantes, chamadas de cnidas. Quando em contato com a pele de seres humanos, a caravela-portuguesa pode vir a soltar toxinas venenosas, que causam diferentes efeitos no corpo da pessoa atingida.

Quais são os efeitos da caravela-portuguesa?

Quando em contato com a pele de seres humanos, a caravela-portuguesa pode vir a soltar toxinas venenosas, que causam diferentes efeitos no corpo da pessoa atingida. Entre as distintas reações causadas por esse contato com a caravela-portuguesa, costumam ocorrer dores, queimaduras de até terceiro grau e reações alérgicas.

Por que as caravelas foram criadas pelos portugueses?

Criadas pelos portugueses, as caravelas serviriam para acabar com o medo que as pessoas tinham do mar e também para descobrir novos territórios. Elas eram feitas totalmente de madeira e mesmo assim tinham a capacidade de carregar centenas de homens e toneladas de cargas, isso sem deixar que a água invadisse o transporte.

Qual a importância das caravelas para os europeus?

Ainda nessas embarcações haviam porões, que davam mais peso para elas, pois lá eram depositadas pedras e balas de canhão. Com isso, as caravelas pesavam em torno de 100 a 400 toneladas. Os europeus viram nas caravelas a oportunidade de realizar comércios entre regiões distantes.

Quais eram as principais características das caravelas?

As caravelas eram embarcações (navios), de formato alongado, típicas da época das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI). Países como Espanha, Portugal, Holanda, Inglaterra e França possuíam grandes esquadras de caravelas. Porém, foram os portugueses que mais utilizaram este tipo de embarcação.

Por que a caravela-portuguesa é perigosa?

A caravela-portuguesa é perigosa e sua picada, além de doer, pode tornar-se grave. O perigo dela está principalmente nos tentáculos, que têm células urticantes, chamadas de cnidas. Quando em contato com a pele de seres humanos, a caravela-portuguesa pode vir a soltar toxinas venenosas, que causam diferentes efeitos no corpo da pessoa atingida.

Onde se encontram as caravelas portuguesas?

Ainda que não seja raro ver grupos pequenos, é frequente encontrar-se mil ou mais Caravelas-portuguesas, a flutuar em águas mais quentes, um pouco por todo o mundo. Para evitar certas ameaças à superfície, as colónias conseguem libertar algum do gás nos seus flutuadores, e submergir brevemente.

Qual é a relação entre a caravela portuguesa e o peixe-português?

As vezes são encontradas junto com o peixe-português (Nomeus gronovii) . A caravela-portuguesa não se move - flutua à superfície das águas, empurrada pelo vento, com os tentáculos pendentes com a finalidade de capturar peixes para a sua alimentação. Os tentáculos podem atingir um comprimento de 50 metros, mas a média é cerca de 30 metros [ 4][ 5] .

Quais são as características da caravela-portuguesa?

Quais são as características da caravela-portuguesa? O nome científico da caravela-portuguesa é physalia physalis, enquanto seu nome em inglês, portuguese man o war. Apesar de chamar-se portuguesa, a caravela pode ser encontrada na maior parte dos oceanos, não sendo, ademais, de origem portuguesa.

Postagens relacionadas: