Adesivo contraceptivo

adesivo contraceptivo

Qual é o mecanismo de ação do adesivo contraceptivo?

O mecanismo de ação do adesivo contraceptivo é bastante simples: ele libera hormônios na pele que atingem a corrente sanguínea e inibem a liberação do ovócito (ovulação). O adesivo apresenta dois hormônios: norelgestromina e etinilestradiol.

Quais são os métodos contraceptivos?

Os métodos contraceptivos são formas que ajudam um casal a evitar uma gravidez indesejada. Os mecanismos de ação desses métodos são variados, cabendo ao homem e à mulher decidir qual é o mais eficiente e mais adequado para cada tipo de situação. Normalmente, os métodos contraceptivos são classificados em reversíveis e irreversíveis.

Por que usar adesivo anticoncepcional?

O adesivo anticoncepcional é um método contraceptivo, no qual os hormônios (estrogênio e progestogênio) são absorvidos através da pele. Assim, como a pílula, o adesivo anticoncepcional protege até 99% contra a gravidez, desde que seja usado corretamente.

Como usar o adesivo menstrual?

O adesivo é utilizado durante 3 semanas consecutivas, devendo ser retirado na quarta semana, que é considerada a semana de descanso. Depois de 7 dias sem o adesivo, deve-se colocar outro em um local diferente do corpo, na mesma hora que a aplicação anterior, dando início ao novo ciclo, independentemente de ter havido sangramento menstrual.

O que é um adesivo contraceptivo e para que serve?

Taxas de TVPs similares às pílulas orais combinadas. Um adesivo contraceptivo ( adesivo anticoncepcional) é um adesivo transdérmico aplicado à pele que libera os hormônios estrógeno e progestina sintéticos para prevenir a gravidez, e é também usado como método de supressão menstrual. Eles têm a mesma eficácia da pílula anticoncepcional.

Qual a diferença entre pílula anticoncepcional e Adesivo contraceptivo?

Um adesivo contraceptivo (adesivo anticoncepcional) é um adesivo transdérmico aplicado à pele que libera os hormônios estrógeno e progestina sintéticos para prevenir a gravidez, e é também usado como método de supressão menstrual. Eles têm a mesma eficácia da pílula anticoncepcional.

O que é adesivo anticoncepcional?

O Evra é um adesivo com uma área de superfície de 20 cm² (4,5 cm x 4,5 cm), que foi desenvolvido para proporcionar a liberação de norelgestromina (progesterona) e de etinilestradiol (estrogênio) de forma contínua na corrente sanguínea. Cada adesivo de Evra contém 6 mg de norelgestromina e 0,6 mg de etinilestradiol.

Quais são os métodos contraceptivos?

Os métodos contraceptivos são formas que ajudam um casal a evitar uma gravidez indesejada. Os mecanismos de ação desses métodos são variados, cabendo ao homem e à mulher decidir qual é o mais eficiente e mais adequado para cada tipo de situação. Normalmente, os métodos contraceptivos são classificados em reversíveis e irreversíveis.

Quais são os benefícios do adesivo anticoncepcional?

Assim, como a pílula, o adesivo anticoncepcional protege até 99% contra a gravidez, desde que seja usado corretamente. Para usar corretamente o adesivo é importante ter alguns cuidados, principalmente evitar que descole e não colocá-lo duas vezes seguidas no mesmo local.

Quando colar o adesivo anticoncepcional?

Para usar o adesivo contraceptivo deve-se descolar a parte posterior do adesivo e colar nos braços, costas, parte inferior da barriga ou no bumbum, sendo recomendado evitar a região das mamas. Ao colar o adesivo é também importante garantir que fique em um local de fácil acesso e visível, para permitir verificar sua integridade todos os dias.

Como funciona o adesivo contraceptivo?

O adesivo contraceptivo, também conhecido como patch contraceptivo, é um método anticoncepcional que combina os hormônios estrogênio e progesterona. Tornou-se uma boa alternativa à pílula, especialmente para as mulheres que tendem a esquecer facilmente a hora de tomar o medicamento.

Quais são as desvantagens do método anticoncepcional?

Quanto às desvantagens, são as mesmas de outros métodos anticoncepcionais hormonais, como aumento do risco de trombose, pressão alta, entre outros. De qualquer modo, cada mulher deve fazer uso do método anticoncepcional mais adequado à fase da vida que se encontra, sempre com o acompanhamento de um ginecologista.

Postagens relacionadas: